(44) 9 9846 - 8412

Educação

Compartilhar:

Como montar um curso online: Ganhe dinheiro com seu conhecimento

Ganhar dinheiro utilizando o seu conhecimento e de forma pouco ou nada burocrática é possível? Foi respondendo a esta questão que os cursos online ganharam espaço no mundo do empreendimento digital nestas últimas décadas.

Criar e divulgar um curso online oferece uma oportunidade única de negócio nos tempos atuais, mas se a burocracia é pouca ou quase nula, os pré-requisitos para que você consiga ser bem sucedido neste nicho são variados e necessitam de atenção, para que a experiência com este novo modelo de trabalho online seja positiva e bem sucedida.

Neste artigo vamos te ensinar passo a passo como montar um curso online e como ganhar dinheiro utilizando o próprio conhecimento.

Como montar um curso online

Imagem

Os cursos online surgem e crescem dentro do contexto ao qual o ensino à distância ganha espaço e tem regulamentação consolidada pelo Ministério da Educação. Um novo formato de gerar - e distribuir - conhecimento se transforma em um modelo educacional que pode originar conteúdos de qualidade e fazer o produtor de conhecimento ser bem sucedido como empreendedor.

Mas como nada nesta vida é fácil, vamos te mostrar aqui todas as etapas para que um curso online não somente seja criado e divulgado, mas principalmente, para que ele encontre o seu público e gere vendas, pois somente assim ele valerá a pena como produto comercial.

  • Escolha o nicho certo;

  • Defina o público-alvo;

  • Crie conteúdo de qualidade.

Vamos desmembrar um pouco mais estes tópicos, em seguida.

Escolha o nicho certo 

A primeira etapa do processo para criar o seu conteúdo e vender online é escolher estrategicamente um nicho de trabalho. Esta escolha vai acarretar muitas vezes no sucesso ou no fracasso de seu empreendimento. Mas quais são os critérios para se escolher um bom nicho?

Faça o que ama - Primeiro, busque atuar na área que você ame, pois somente assim este trabalho, muitas vezes árduo, valerá a pena. Trabalhar como produtor de conteúdo só consegue gerar bons resultados se os clientes perceberem que quem está lá distribuindo aquele conhecimento está gostando daquilo.

Responda a alguma demanda existente - O seu curso deve preencher alguma lacuna existente no mercado. Para ser bem sucedido o nicho precisa ser estrategicamente pensado e pesquisado. Você deve se perguntar de imediato: esse é um tema de interesse público e que irá ajudar pessoas a resolverem problemas? Se a resposta for sim, continue.

Mas não basta somente você responder. Após a escolha do nicho, pesquise tudo que há sobre ele na internet, seja em forma de artigos acadêmicos, seja em forma de e-books e cursos online. Se já existir uma oferta de materiais do seu nicho, responda a esta outra pergunta: no que o meu conteúdo vai se diferenciar destes que já estão no mercado?

Meu curso irá agregar conhecimento aos clientes?

Ofereça credibilidade – Não basta gostar do tema, da área de atuação ou do nicho, se você não for bom o suficiente para gerar um conhecimento que de fato agregue aos futuros clientes. Proporcione ao usuário de seu curso uma imersão ao conhecimento que você se propõe oferecer. 

Ter credibilidade é fundamental na área de cursos online e por isso use toda a sua experiência e todo o seu conhecimento para gerar conteúdos bons e de qualidade. Se você possui conhecimento avançado em educação, invista nesta área; se você possui conhecimento avançado em marketing, invista seu tempo nesta área. 

Não busque produzir conteúdos em áreas somente por causa da popularidade dela no mercado. Esta escolha normalmente está fadada ao fracasso.

Defina o seu público alvo 

Um curso online serve para responder alguma demanda e para gerar conhecimento utilizado para o crescimento pessoal ou profissional de seus clientes. Posto isso, é necessário uma pesquisa de mercado. 

Quem serão os meus clientes? Qual o público que eu quero atingir e como faço para chegar até ele? Responda estas perguntas de forma mais técnica, fazendo leituras de materiais oferecidos pelo SEBRAE ou por outros órgãos de auxílio ao empreendedor.

Entenda o seu público, saiba se são mais mulheres ou homens, se são mais jovens ou adultos, se são de classes mais altas ou não, se são escolarizados ou não. Crie um documento bem completo sobre o público que você pretende fisgar com o seu curso online.

Crie o conteúdo de qualidade

Invista na parte técnica de seu curso. Se você não possui um estúdio, ou algo parecido em termos de qualidade, alugue um, contrate um serviço que te auxilie em todas as etapas do processo. Investir nesta etapa da produção de conteúdo é fundamental para que o resultado final saia como o imaginado, ou até melhor. Na Vikings Digital possuímos uma estrutura completa para deixar suas vídeoaulas profissionais e com sua personalidade.

Você precisa também saber articular ideias, sobretudo se o seu curso online for produzido em forma de vídeo. É o seu rosto e a sua voz que dará credibilidade ao material gerado, então se esforce, invista em cursos de oratória e de português e treine bastante antes de criar de fato o seu conteúdo em vídeo.

Grave um piloto – No jargão televisivo, piloto é um episódio ou programa teste, para avaliar todos os erros e acertos daquele material. Grave um piloto, já dentro do que você espera entregar de conteúdo e busque feedbacks qualificados sobre o resultado. Seja crítico o suficiente para querer melhorar, mas não menospreze o seu trabalho, valorize-o e busque somente aperfeiçoar.

Dívida bem os tópicos de seu conteúdo – Tanto para conteúdos em vídeo quanto para conteúdos escritos é fundamental que você organize muito bem os tópicos do seu curso online. Pense nele como um livro ou filme, ele precisa de um roteiro, com início, meio e fim bem definidos, e com um desenvolvimento impecável, que de fato construa uma árvore do conhecimento em quem for consumir.

Se você tem todo o conteúdo na cabeça, mas não tem ideia de como transformá-lo em algo didático, bem dividido, então contrate um profissional desta área e invista seu dinheiro em algo que vai te proporcionar um ganho muito grande de qualidade.

Cuidados técnicos - tudo bem que a mensagem é a parte mais importante do curso, mas a parte técnica também tem um significado essencial. Tenha cuidado com a qualidade do vídeo, do áudio, da escrita, que deve estar sem erros de português e com um vocabulário ao mesmo tempo rico e simples. Pense no cenário ideal, na iluminação do espaço, ou pense na capa do e-book, que deve ser apresentável e chamativa, mas com bom gosto. 

Enfim, se preocupe com toda a parte técnica e com os detalhes, pois será de muita importância para o cliente escolher o seu conteúdo e não o de seu concorrente.

Onde vender meu curso online?

Imagem

Agora que você aprendeu a como montar suas aulas online, chegamos à questão derradeira: como vender o meu curso online

Neste estágio do processo você já deve ter um rascunho bem definido desta resposta, bastando somente colocar em prática. Mas caso não tenha, vamos pensar juntos.

Redes sociais

Estamos na era das redes sociais, então é de importância estratégica criar perfis para o seu produto nas principais redes como Facebook, Instagram, Tik Tok, Twitter, Youtube e demais. Criar um blog ou um site vão te proporcionar expandir esse universo e oferecer mais credibilidade para o cliente.

Plataformas de vendas

Existem também ferramentas como a Hotmart, Monetizze e Eduzz que são plataformas de vendas de cursos, seja em vídeo, seja em áudio, seja em formato de e-book. Plataformas como esta te oferecem todo o suporte possível para que você tenha a melhor ferramenta de venda que existe.

Parcerias

Faça parcerias também com pessoas, perfis e empresas que possam dialogar com o seu trabalho, e que não sejam obviamente concorrentes. Se o seu curso é na área de educação, busque parcerias com escolas, cursos técnicos, com professores. Se o seu curso é sobre marketing, faça o mesmo e busque parcerias com pequenas agências, faculdades ou cursos técnicos da área.

Anúncios pagos

Invista em anúncios pagos no Google e demais buscadores, mas tenha em mente que o retorno somente acontecerá se você souber vender o seu produto de maneira inteligente e eficaz. Nessa fase do projeto, procure alguém que te dê suporte na área de propagandas digitais e com profissionais da área de mídias digitais.

Por quanto vender meu curso?

Imagem

Esta é uma pergunta difícil, e que mais uma vez você vai precisar ou de conhecimento ou de auxílio profissional. Pense em todo o trabalho que você teve para criar o seu conteúdo. Pense também no ganho que cada cliente poderá ter consumindo o seu conteúdo. 

Mas também observe o mercado, não coloque um preço muito acima da média, para não inviabilizar a sua venda, e nem coloque um preço muito abaixo da média, para não desvalorizar o seu conteúdo. Se você não valorizá-lo, quem é que irá então?

Precifique de forma correta para evitar ter que ajustar a todo o momento o valor pago pelos seus clientes para consumir o seu conteúdo.

Com isto posto, temos mais algumas sugestões importantes:

  • Crie um e-mail, pois ele continua sendo importante;

  • Construa uma rede de afiliados;

  • Faça um programa de assinaturas;

  • Faça um programa de fidelidade, oferecendo conteúdos extras e bônus para os clientes fiéis;

  • Busque depoimentos de quem já fez o seu curso, é muito importante para chamar mais clientes;

  • Edite sempre que achar necessário o seu conteúdo. Atualize-o sempre também. Na era da internet, tudo muda de um dia para o outro. Tenha isso em mente.

E aí guerreiro, está pronto para criar seu legado por meio de conteúdos digitais e empreender nessa área tão promissora? Explore outros conteúdos como este em nosso blog, e esteja preparado para os próximos desafios.

Compartilhar:

Posts Relacionados

Ver Categoria

Receba conteúdos exclusivo no seu e-mail, como notícias, eventos, ofertas e muito mais.

Por favor aguarde...

Obrigado!

Nosso oráculo recebeu sua solicitação. Fique atento para novidades em seu e-mail.

Solicitação Falhou

Nossos corvos não receberam sua requisição Por favor, tente novamente!

Voltar